Fale conosco: 11 3672.6398

Cuidados simples que previnem o mofo

Cuidados simples que previnem o mofo

Posted by on set 3, 2015 in Blog

Com a temporada das chuvas e o excesso de umidade em torno das construções, o mofo costuma aparecer com freqüência em paredes e móveis. Além de terem aspecto e cheiro desagradáveis, essa formação de fungos também pode ser prejudicial á saúde, principalmente para pessoas que têm problemas respiratórios.

A boa notícia é que há formas simples de prevenir e até combater o problema.

O mofo surge pela combinação de alguns fatores: a umidade, a pouca luz e a pouca circulação de ar nos ambientes. Para evitá-lo, o melhor é agir no inverno, quando chove menos, mas a maioria das pessoas, só presta atenção no problema quando ele ataca.

A primeira providência para não deixar que a formação se instale é deixar os ambientes com bastante iluminação e ventilação. As tintas das paredes de boa procedência e qualidade normalmente têm em sua composição elementos bactericidas e fungicidas que ajudam na prevenção do problema.

Ao primeiro sinal de mofo, é necessário realizar uma limpeza completa da área. Para uma limpeza preventiva é indicado o uso da água sanitária misturada á água (uma parte de água sanitária para dez partes de água). Essa solução deve ser usada nos móveis e paredes de locais que têm mais chance de desenvolver fungos e mofo. Fique atento aos cômodos mais quentes, vazios e mal iluminados e ventilados. Forros, tetos e lajes também podem receber a solução.

A chuva não é a única culpada pelo mofo, os problemas estruturais da construção também são responsáveis. As infiltrações também são causa comum do mofo e quando identificadas devem ser limpas e reparadas.

Na hora de construir, reformar ou fazer instalações na área externa da casa, é preciso ficar de olhos abertos. Trincas ou fissuras precisam ser vedadas, na instalação de janelas, o caimento do caixilho deve ficar para fora bem como o caimento nas lajes e cantos de paredes, evitando a formação de poças. Os beirais das casas devem ser largos para que a água da chuva não escorra pela parede. Dentro, a atenção deve ser redobrada com o rejunte de azulejos e pisos.

Uma outra ajuda externa são os desumidificadores de ar. Os equipamentos custam a partir de R$ 300,00 e ajudam a retirar a umidade do ambiente.

Até a próxima!

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *