Fale conosco: 11 3672.6398

A água e a gestante, uma relação muito mais que refrescante!

A água e a gestante, uma relação muito mais que refrescante!

Posted by on set 3, 2015 in Blog

Que a água e uma benção, todo mundo sabe, e que ela faz muito bem à saúde também!

Para as gestantes, ela é muito mais. A água é um dos elementos fundamentais na ajuda de uma gravidez mais saudável.

A ingestão de muito líquido ajuda a diminuir os riscos de infecção urinária, elimina as toxinas, regula a sua temperatura corporal, ajuda no regulamento e funcionamento do intestino, na lubrificação das células e na eliminação de sal e líquidos no organismo, diminuindo o inchaço.

Uma boa hidratação também interfere na circulação sanguínea, principalmente para o útero e para a placenta, melhorando as condições nutricionais do bebê e ajudando na hora do parto.

Mas, uma recente pesquisa realizada no Reno Unido confirmou tudo isso e muito mais. O consumo diário de muita água interfere também no peso do bebê.

A pesquisa contou com mais de 2.700 mulheres com gestações de até 12 semanas e com mais de 18 anos de idade. Além das variáveis comportamentais, específicas de cada gestante, que incluía exercício físico, tabagismo, ingestão de cafeína, vitaminas, álcool e drogas ilícitas, também foram anotados todos os tipos de consumo de água, nas suas mais diversas formas e quantidades.

As participantes foram classificadas, em 4 grupos, de acordo com o consumo de água.

Fatores como a época do ano e a temperatura diária, também foram levados em conta, pois essas condições fazem o consumo aumentar ou diminuir.

O peso do bebê foi calculado e anotado entre a 20 e 24 semanas de gestação e os resultados são impressionantes.

O grupo de maior consumo diário de água, em torno de 3.400 ml, tinham seus bebês com peso até 50 gramas maior que grupo de menor consumo (1.500 ml)

Na verdade, pesquisas como estas reforçam a máxima que a água é fonte de vida e que faz bem à saúde, como já diziam nossas avós!

Para as gestantes o recado é mais direto. Manter consumo de líquidos deve ser uma preocupação desde o inicio da gestação, mesmo daquelas que não são muito chegadas num copinho de água.

Até a próxima!

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *